Resenha do livro Mentira perfeita, de Carina Rissi

sexta-feira, 2 de setembro de 2016
  Mentira perfeita
Autora: Carina Rissi
Editora:  Verus

Compre: aqui

Sinopse: Júlia não tem tempo para distrações. Ela é brilhante e sempre se esforça para ser a melhor naquilo que faz; por essa razão, sua vida pessoal acabou ficando de lado. Algo que sempre preocupou sua tia Berenice. Gravemente doente, a mulher teme que Júlia acabe completamente sozinha quando ela se for. Júlia faria qualquer coisa — qualquer coisa mesmo! — por tia Berê e, em seu desespero para agradar a única mãe que já conheceu, inventa um noivo enquanto torce por um milagre… E então o milagre acontece: Berenice se recupera — e, assim que deixa o hospital, gasta todas as suas economias com o casamento dos sonhos para a sobrinha. Como Júlia pode contar a ela que mentiu, com a saúde da tia ainda tão frágil? É quando Júlia conhece Marcus Cassani. Ele é irritantemente cínico, mulherengo e lindo de um jeito que a deixa desconfortável. Marcus também está enfrentando problemas, e um acordo entre eles parece ser a solução. Tudo o que Júlia sabe é que deveria se afastar de Marcus. Mas seu coração tem uma ideia muito diferente…
Mentira perfeita é um spin-off de Procura-se um marido, uma história que se passa no mesmo universo da primeira. Aqui você vai conhecer novos personagens inesquecíveis, além de rever aqueles que já moram no seu coração.

Julia é funcionária de TI na empresa de Alicia, L&L Cosméticos.  Desde que sua tia Berê, uma mãe para ela, adoeceu, Júlia vive para cuidar de sua tia. E quando ela tem uma nova crise, indo parar no hospital, seu amigo Dênis inventa a história de que Julia possui um noivo. E como tia Berê sempre se preocupou com o fato de Julia ficar sozinha quando ela morresse, ela logo tem uma melhora súbita.
Porém tudo sai do controle. Sua tia começa a ficar eufórica com a ideia de sua sobrinha casar e passa a gastar todas as suas economias em uma festa de casamento dos sonhos de várias garotas. O problema? É que o noivo é falso e Júlia começa a ficar tensa.
Se, quando conhecemos Marcus em “Procura-se um marido” (se você ainda não leu, corre para ler!) já foi difícil não se encantar pelo seu jeito, em “Mentira Perfeita” fica simplesmente impossível não se apaixonar!
Marcus sofreu um acidente de carro há um ano atrás, que o deixou paraplégico. Depois que começou a sentir sensibilidade em suas pernas, ele viu que poderia retomar sua vida, seus sonhos e se mudou para morar com Max – seu irmão – e Alicia. Ele retoma seus estudos na faculdade, como programador de games, e começa a trabalhar. Até que ele decide morar sozinho e sua família não permite a menos que ele arranje uma cuidadora.
É quando Marcus e Julia se conhecem. Após Marcus descobrir o caso de Julia, ele tem uma ideia brilhante: seria o noivo de Julia pelo tempo necessário, depois eles terminariam e sua tia cancelaria o casamento. Julia, em troca, fingiria ser a cuidadora dele quando os pais estivessem na cidade. O que ambos não sabiam é que conforme a mentira se prolongava, mais ela saía do controle. É inevitável não se apaixonar pela inocência de Julia e o carisma de Marcus.
Conforme eles vão se conhecendo, vemos a paixão crescer e ambos negarem isso veementemente.
“ ()   As vezes você se sente tão sozinho que parece estar à deriva no meio do oceano. Nada à frente, nada à tras, nada em lugar nenhum exceto as ondas que quebram sobre você, ameaçando engoli-lo. Mas algumas vezes raras vezes um ponto negro surge no horizonte e vai crescendo até se tornar a silhueta de um barco, até uma mão esticar em sua direção e você sair do inferno. Júlia era o meu barco, a mão estendida, o ponto negro no meu nada ()
Vemos no livro os personagens amadurecerem conforme o sentimento cresce. É tão divertido acompanhar essa evolução e com toda certeza recomendo o livro. Não somente pela escrita, nem pelo romance.
Mas também por um ponto que considero bem importante. Marcus é cadeirante. E apesar de todos os problemas que essa situação poderia ter trago à ele: dependência e preconceito, por exemplo, ele soube levantar a cabeça e agir. Ele se adaptou às mudanças que a vida impôs a ele. Ele estuda, trabalha, dirige, pratica esportes… E só fraqueja uma vez: quando se apaixona. Teme que sua condição não seja o que Julia espera dele. Mas ela mostra à ele que nada disso importa. O que realmente importa é o caráter, companheirismo e até mesmo as piadas ruins.
Não importa qual ou quão grande seja o seu problema, sempre se pode sonhar. Jamais devemos desistir daquilo que nos faça feliz, por mais difícil que possa parecer. Porque na verdade, é isso que importa. Ser feliz. E essa é uma lição que levarei para sempre deste livro.
P.S: Deixe aqui seu comentário sobre o livro!
Beijos,
Leatrice
Prazer, Lê! Tenho 20 anos, sou paraense mas moro em Niterói. Apaixonada pelo mundo literário em suas diversas facetas e agora uma apaixonada por fotografia.
0 Comentários | BLOGGER
Comentários | FACEBOOK

0 comentários:

Postar um comentário

 
© Lê e Ler!, VERSION: 01 - BOOKS - outubro/2016. Todos os direitos reservados.
Criado por: Maidy Lacerda,
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo