Resenha do livro Caixa de pássaros

sexta-feira, 2 de setembro de 2016
Resultado de imagem para caixa de passaros
Autor: Josh Malerman
Editora: Intríseca
Comprar: Aqui


Basta uma olhadela para desencadear um impulso violento e incontrolável que acabará em suicídio. Ninguém é imune e ninguém sabe o que provoca essa reação nas pessoas. Cinco anos depois do surto ter começado, restaram poucos sobreviventes, entre eles Malorie e dois filhos pequenos. Ela sonha em fugir para um local onde a família possa ficar em segurança, mas a viagem que tem pela frente é assustadora: uma decisão errada e eles morrerão. 

               Quanto tempo é necessário para que sua vida desabe? Segundos. horas, dias, meses ou anos? 
                 A vida de Malorie (e de muita gente)mudou em poucos dias desde o aparecimento das primeiras manchetes  e da descoberta da gravidez. O que no começo eram caos de violência excêntricos se tornou frequente o suficiente para causar um temor. Pessoas começaram a desenvolver um impulso violento (e incontrolável) que as levava à morte. O motivo? O que se sabe é que as vítimas veem algo que desencadeia o impulso, mas não se sabe o que é exatamente.
                Quatro anos depois dos primeiros casos, nada mudou. O perigo lá fora ainda existe, porém agora Malorie se encontra responsável por duas crianças: o Garoto e a Menina. Os dois que desde bebês são treinados para ouvir, afinal não poderão usar a visão fora da casa. O que faz, durante todo esses anos, Malorie entrar em conflito consigo mesma.
“Você é uma péssima mãe pensa Malorie
Por não encontrar uma maneira através da qual os filhos possam conhecer a vastidão do céu. Por não achar um jeito que os permita correr livres pelo quintal, pela rua, pelo bairro de casas vazias e carros velhos. Ou por nunca conceder a eles uma única piscadela rápida para o espaço, no momento em que o céu de repente escurece e é tomado por lindas estrelas.
Você está salvando a vida deles para que tenham uma vida que não vale a pena

               Os três partem em busca de um lugar melhor, descendo o rio, munidos apensas de venda nos olhos e um barco a remo. Remar de olhos vendados é uma tarefa árdua e Malorie tenta se guiar (e se proteger) com a ajuda da audição de seus filhos.
             O livro tem uma leitura muito rápida, o que faz com que nos percamos nas páginas. O autor optou por começar do “quase final” e ir mesclando com cenas do passado mostrando como tudo chegou aquele ponto. Como ela ficou só com as crianças, como chegou na casa, como tudo começou… O que, na minha opinião, foi uma ideia bem interessante para dar o suspense ao livro.
              Outro ponto que achei interessante é o fato de não sabermos com quem estão lidando, já que o autor não faz nenhuma descrição, o que nos permite trabalhar com a imaginação solta.

           Caixa de pássaros foi o primeiro Thriller psicológico com pitada de terror que li e gostei da experiência.   Vocês já leram? Se sim, o que acharam?
Beijos, Lê


Leatrice
Prazer, Lê! Tenho 20 anos, sou paraense mas moro em Niterói. Apaixonada pelo mundo literário em suas diversas facetas e agora uma apaixonada por fotografia.
0 Comentários | BLOGGER
Comentários | FACEBOOK

0 comentários:

Postar um comentário

 
© Lê e Ler!, VERSION: 01 - BOOKS - outubro/2016. Todos os direitos reservados.
Criado por: Maidy Lacerda,
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo