Resenhando; livro Por lugares incríveis, de Jennifer Niven

18:38:00

Por lugares incríveis
Autora: Jennifer Niven
Editora: Seguinte
Comprar: Saraiva | Amazon | Submarino

A história

Por lugares incríveis conta a história de dois jovens, Theodore Finch e Violet Markey, que acreditam que não possuem mais motivos para viver. Munidos deste sentimento, ambos se encaminham para a torre do colégio e ali, no parapeito, eles se conhecem. E com algumas palavras trocadas, ambos perdem a coragem. E dali vai surgindo uma amizade.

Theodore Finch sempre teve uma realidade bem dura. Seu pai agressivo, uma mãe ausente (mesmo que presente fisicamente), além de ser chamado de Aberração no colégio. Junte isso a uma doença psicológica como transtorno bipolar. O que resulta? Em um jovem depressivo, com tendências suícidas. Finch passa a estudar várias maneiras de suicídio e testa cada uma. E é um destes testes que ele conhece Violet. 

Violet, por sua vez, tinha uma "vida maravilhosa": pais incríveis, uma irmã amiga, um blog, era popular. Até o dia em que, voltanto de uma festa, ela e a irmã sofrem um acidente de carro. Ela sobrevive, mas sua irmã não. E Violet passa a ter bastante dificuldade em lidar com esta dor, ainda mais porque seus pais optaram por pouco falar da irmã. Ela passa, então, a usar os óculos de Eleonor e fica mais reclusa. E um dia ela se cansa e decide se jogar da torre, de onde é salva por Finch. 

Os dois se unem em  um trabalho escolar  de Geografia e passam a conhecer os lugares diferentes da cidade. E é em meio a este aventura que eles descobrem uma amizade incrível e como é possivel viver mesmo após uma grande perda ou com os seus problemas familiares.


O que achei

A abordagem de Jennifer sobre as doenças psicológicas é muito boa. Finch não aceita muito bem seu diagnóstico, mente para o terapeuta. As doenças psicológicas são as mais difcíes de ter o diagnóstico aceito. E por ter uma mãe depressiva, posso dizer que ela explanou muito bem sobre as mudanças de humor: uam hora bem feliz outras bem tristes. 

E apesar dela nos trazer temas bem fortes, conseguimos ler e nos divertir com os dois. Finch e Violet, sua UltraVioleta tem uma química inegável. Vamos rir e chorar como todo bom livro. 

E acima de tudo, aprender, mais uma vez, que não importa o tamanho da sua dor, sempre tem como arranjar uma maneira de conviver com ela.

Os capítulos são narrados, alternados, entre Finch e Violet. Dessa forma, podemos conhecer o íntimo dos personagens, entendendo bem suas dores e pensamentos. :)

NOTA: 5/5 

Quotes favoritos


"Prometi a mim mesmo que esse ano vai ser diferente. Se eu continuar no controle de tudo, incluindo de mim mesmo, talvez consiga ficar desperto e aqui, não parcialmente aqui, mas aqui, presente, agora" - Finch


"No dia 23 de março de 1950, o poeta italiano Cesare Pavese escreveu: O amor é o grande manifesto; a urgência de ser, de ter alguma importância e, se a morte vier, morrer com valentia, com clamour - em suma, permanecer na memória."  - Finch

"Olho para ela longamente. Conheço a vida bem o suficiente pra saber que não podemos acreditar que as coisas vão ser sempre iguais, não importa o quanto a gente queira. Não podemos impedir que as pessoas morram. Não podemos impedi-las de ir embora. Não podemos impedir nós mesmos de ir embora. Me conheço bem o suficiente para saber que ninguém consegue me manter acordado ou me impedir de dormir. Tenho que fazer isso sozinho. Mas, cara, como gosto desse garota" - Finch

"- O problema das pessoas é que elas esquecem que na maior parte do tempo o que importa são as pequenas coisas. Todo mundo está tão ocupado no Lugar de Esperar." - Violet

"Decca, às vezes há beleza nas palavras dificeis - depende da maneira como as lemos" - Finch

"A esperança está em aceitar sua vida como ela se apresenta agora, mudada para sempre. Se puder fazer isso, a paz virá em seguida. " Violet

Beijos!


You Might Also Like

18 comentários

  1. Olá, tudo bem?
    Eu sempre tive muita vontade de ler esse livro, mas ainda não tive oportunidade. Parece ser um ótimo livro, sem dúvidas é um grande desafio escrever sobre doenças psicológicas, mesclar um assunto tão denso e ainda deixar o leitor interessado pelo enredo não é algo fácil, mas vejo que a autora tem muitos fãs e só leio resenhas positivas, portanto acredito que o livro é de fato bom.
    Fiquei bem curiosa para conhecer melhor Violet e Finch e saber como um irá ajudar o outro. Adorei a sua resenha!
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oii Anna, tudo bem?

      Eu gostei bastante do livro. O final não me surpreendeu, eu acho que seguiu o curso esperado. O que só me fez gostar ainda mais dele.

      Beijos

      Excluir
  2. Olá,
    A premissa em si dessa obra já me deixa comovida pela intensidade.
    Estou bem curiosa para saber mais sobre a forma bem inusitada que os personagens se conhecem e como a trama irá se desenrolar a partir dai.
    Adorei saber suas impressões e a obra já está na minha lista de leituras a algum tempo.

    http://leitoradescontrolada.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oii Michele!

      Tive que aproveitar a promoção para comprá-lo. Eu super indico!

      Beijos

      Excluir
  3. A perda de uma pessoa tão amada deixa qualquer um perdido, e a forma como cada um encara isso varia. Que bom que os dois se encontraram e mesmo com sofrimentos diferentes, conseguem se ajudar.
    Não li ainda, mas quero ler.
    Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oii querida!

      Vejo isso bem aqui em casa. Cada um lidou diferente com o falecimento de meu pai. Aprendi cedo a não julgar a dor alheia. Espero que goste do desenrolar do livro.

      Beijos!

      Excluir
  4. Tenho muita vontade de ler esse livro é já está um bom tempo na minha lista de leituras. Amo histórias com dramas psicológicos, por isso a vontade de fazer essa leitura. Tenho certeza que irei ri e chorar por essas páginas.
    Bjim!
    Tammy

    ResponderExcluir
  5. Oi Leatrice!
    Eu fico ensaiando para ler esse livo há muito tempo porque acho que vou sofrer com a leitura. Adorei a sua resenha, você foi bem direta e me mostrar que, talvez, não seja tão triste assim, talvez eu aprenda mais do que chore!
    Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oii Lu!

      Ele não é daqueles que te deixa de ressaca, sabe? Ela nos leva tão naturalmente ao desfecho, que de alguma maneira você se prepara a ele. Se alguém puder se preparar. Mas de fato, aprendemos mais do que sofremos :)

      Beijos

      Excluir
  6. Olá!
    Esse livro é muito fofo e triste ao mesmo tempo, apesar da autora expor temas difíceis, ela também tenta suavizar com o envolvimento de Violet e Finch, eu adorei os personagens e tenho muita vontade de reler esse livro e mergulhar novamente nos pensamentos de Finch.

    Beijos!
    http://lovesbooksandcupcakes.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Eu conheci esse livro faz uns dias e estou louca para lê-lo! Gostei da sua resenha, mas acho que você podia ter colocado sua nota para o livro e ter contado como os capítulos são narrados. É pelo Finch?

    Beijo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oii Joyce! Obrigada pela dica. Às vezes me empolgo tanto na leitura que acabo deixando passar algum detalhe. Já atualizei a resenha :D

      Os capitulos são narrados pelo Finch e Violet, alternadamente. E minha nota? 5/5 hahaha Amei demais!

      Beijos!

      Excluir
  8. Esse livro é uma coisa ❤ Ainda não tive a oportunidade de ler, mas já ouvi tantas coisas boas a respeito que ele está na minha listinha de desejados há um bom tempo. A história parece ser cativante, assim como os personagens, que me parecem bem reais.

    ResponderExcluir
  9. Essa capa sempre me chamou atenção, mas eu nunca tinha lido uma resenha do livro antes. Não sou muito ligada aos livros românticos, mas esse me pareceu tão lindo! Pelo que você falou, os temas tratados tem relação com a realidade e, para mim, isso enriquece muito o livro. Enfim, meu quote favorito foi esse: "- O problema das pessoas é que elas esquecem que na maior parte do tempo o que importa são as pequenas coisas." <3

    beijos :*

    ResponderExcluir
  10. Gosto muito de filmes que tratam de problemas psicológicos. Apesar de o livro não ser exatamente com a temática que eu costumo ler, eu sempre me sinto feliz depois de ler coisas assim :) ainda mais quando eles abordam mais a fundo os personagens, como você disse!
    Adorei a sua resenha (e esse funko na foto também hahaha) <3

    ResponderExcluir
  11. Eu quero muito ler esse livro, desde o seu lançamento. Adoro a temática de problemas psicológicos, acho que estes são os livros que mais me tocam e me surpreendem. Adorei a sua resenha, me deu uma ideia melhor do que esperar do enredo!

    ResponderExcluir

Popular Posts

Like us on Facebook

Most Popular