Lê & filmes: resenha de "O quarto de Jack"

sábado, 18 de fevereiro de 2017

Oiiie leitores e cinéfilos, tudo bem?

Hoje vamos papear um pouquinho sobre um filme que há tempos queria ver e cujo ator virou o mais novo queridos entre os atores mirins: O quarto de Jack

Sobre o filme
Joy (Brie Larson) e seu filho Jack (Jacob Tremblay) vivem isolados em um quarto. O único contato que ambos têm com o mundo exterior é a visita periódica do Velho Nick (Sean Bridgers), que os mantém em cativeiro. Joy faz o possível para tornar suportável a vida no local, mas não vê a hora de deixá-lo. Para tanto, elabora um plano em que, com a ajuda do filho, poderá enganar Nick e retornar à realidade.



Minhas impressões
O filme é um drama que conta a história de uma mãe e filho (Joy e Jack), que vivem presos no "quarto". Sem nunca sair para conhecer o "mundo", Jack acredita que tudo que passa na TV é magica, histórias fantasiosas.

O filme faz uma crítica bem forte sobre a importância de  socializarmos. O ser humano, por natureza, é um ser sociável. E ao passo que vamos conhecendo a história, vemos o quão verdade disso é. Jack não conhece ninguém além de sua mãe e o "velho Nick"(com quem nem pode falar).. E com isso, acaba criando amigos imaginários. E também, o que achei bem curioso, ele cumprimenta todos os objetos do quarto: pia, mesa, cadeira, armário... 

E a partir do momento que ele se depara com o mundo, vemos a dificuldade dele de lidar com as pessoas. E o que tipo de problemas que ocasiona. Joy é uma personagem bem complexa, pois ao longo do filme vamos conhecendo um pouco mais de sua história. Quem era antes e como foi parar ali. E apesar de toda a dor que ela carrega, por conta disso, vemos que ela luta, dia após dia, para se recuperar e dar uma vida digna para seu filhos. 

Para que todo aquele pequeno mundo dele, seja mais suportável a ele. É um filme que te prende do começo ao filme, afinal Jack é uma criança bem carismática, com sua imaginação fértil... Você vai perceber também como pode ser delicado as relações familiares, ainda mais depois de uma "tragédia". 

Super indico!!! O filme está disponível no Telecine Play :)

Beijos!


Leatrice
Prazer, Lê! Tenho 20 anos, sou paraense mas moro em Niterói. Apaixonada pelo mundo literário em suas diversas facetas e agora uma apaixonada por fotografia.
14 Comentários | BLOGGER
Comentários | FACEBOOK

14 comentários:

  1. Várias pessoas já me indicaram este livro e filme. Adorei a forma que você o descreveu e já vou passá-lo na frente da minha lista que não está nada pequena, rs.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oiiie!

      Vai adorar! Fiquei louca para ler o livro :)

      Beijos!

      Excluir
  2. ainda não li o livro nem tive chance de ver o filme... mas ele possui um enredo que me deixou curiosa a conhecer...tenho vontade de saber como é feita a crítica sobre socialização na história...
    bjs...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oiiie Mari!

      Espero que dê uma chance e curta :) O filme todo gira em torno disso

      Beijos!

      Excluir
  3. Oi, tudo bem?
    Assisti esse filme o ano passado, na época do Oscar, e fiquei profundamente tocada com essa história. Dos indicados o ano passado, foi o meu preferido <3
    E o que dizer do menininho? Ele é super carismático e ótimo ator. Estou ansiosa para ver a interpretação dele em "Extraordinário".
    Adorei a sua resenha e fique até com vontade de ver o filme de novo.
    Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oiiie Mari!

      Também estou super curiosa para ver a atuação dele em "Extraordinário". Realmente ele é muito fofo!!!

      Beijos!

      Excluir
  4. Olá,
    Estou com o filme em casa e doida para assistir, mas quero primeiro fazer a leitura do livro que o originou!
    Adorei saber suas impressões e achei interessante o drama destacar a importância da socialização, afinal o ser humano precisa interagir com outros de sua espécie.

    LEITURA DESCONTROLADA

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oiie Mi!

      Soube depois que vi o filme que tinha o livro. Quero ler tambem! Achei bem curioso ver como nossa necessidade é tão grande de socializar, que mesmo que não haja ninguém em nosso convivío, inventamos.

      Beijos

      Excluir
  5. Oii
    Já vi esse filme é ele é realmente lindo. A lição de vida é fantástica. Acho q viu aproveitar esse feriadão e reve-lo.

    ResponderExcluir
  6. Preciso assistir esse filme. Ele já estava na minha lista depois dessa sua resenha fiquei ainda mais curiosa, esse menino é muito fofo e parece que atuou muito bem.Adorei o post. Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Atuou beeem demais! Uma fofura só!

      Fico feliz que tenha gostado!

      Beijos!

      Excluir
  7. Eu ameeeeei esse filme, ele é muito envolvente, angustiante e tem um drama. Muito bom, eu recomendo pra todos que me pedirem se é bom! Hahahaha belo post :*

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oiiie Andreia!

      Somos duas! Eu indico sempre que posso também

      Beijoos

      Excluir

 
© Lê e Ler!, VERSION: 01 - BOOKS - outubro/2016. Todos os direitos reservados.
Criado por: Maidy Lacerda,
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo