Resenha do livro O ar que ele respira

18:08:00


Hey queridos!

Quando perdemos alguém que amamos, é como se o mundo ruísse ao nosso redor. Falta o chão, o ar…

Era assim que Elizabeth ainda se sentia, um ano após o falecimento de seu marido: sem ar. Lutando, “uma respiração por vez”,  para se manter de pé e cuidar da filha de 5 anos, Emma.
Um ano. Esse foi o tempo necessário para que ela conseguisse voltar para a casa, onde um dia viveu com Steve.
Chegando lá ela não esperava conhecer Tristan Cole, seu vizinho. Com um passado desconhecido pelos moradores da cidadezinha, Tristan morava lá há um ano também, sem se relacionar muito com os moradores da cidade.
Um ano. Esse também era o tempo em que ele enfrentava o luto.
“Nos dois estávamos em mundo separados, feitos de nossas pequenas recordações, e, ainda assim, conseguíamos sentir a dor um do outro. A solidão reconhecia a solidao

Aos poucos a vida dos dois vão se cruzando e ela vai descobrindo que nem sempre as pessoas são aquilo que aparentam.
“Sabe aquele lugar entre os sonhos e os pesadelos?
Aquele lugar onde o amanhã não chega e o passado não doí mais?
O lugar onde seu coração bate em sintonia com o meu?
Aquele lugar onde o tempo não existe e é mais fácil respirar?
Quero viver nesse lugar com você

O livro possui um toque dramático bem forte. A maior parte dos personagens estão passando por uma fase de luto, cada um à sua maneira.

Elizabeth perdeu o marido, então depois de 4 anos ela se vê sozinha tendo que superar a perda, por ela e pela Emma, além de cuidar da própria filha. E podemos dizer que ela faz isso bem. Vez ou outra ela desaba no livro, com saudades de seu falecido marido, fazendo com que ela se torne ainda mais humana.
Um ponto negativo na história é o jeito grosseiro de Tristan. Ele chega a tratar a Elizabeth bem mal, mesmo quando ela tenta ajuda-lo. Apesar de que ao longo do livro ele vai se mostrando uma pessoa carinhosa, principalmente com Emma.
O ar que ele respira é livro que vai te fazer rir e chorar. Tem cenas de drama, cenas picantes e romance. É bacana ver como Tristan vai se fazendo presente na família de Elizabeth, cuidando e brincando com a Emma. É um livro que mostra os bastidores de uma família após uma grande perda.
Não é fácil, mas é possível recuperar o ar novamente.
“Seus olhos se fecharam, e senti sua respiração em meus lábios. Cada vez que ela expirava, eu inspirava seu ar, trazendo-o para dentro de mim, assegurando-me de que ela era minha

You Might Also Like

1 comentários

  1. Oi Le!
    Menina como eu quero esse livro, recentemente li o livro "Sr. Daniels" da autora e me apaixonei pela sua escrita e esse está lá no topo dos desejados. Gostei de saber mais sobre esse romance, meio que me lembrou o outro livro que também aborda sobre perdas, mas espero que seja totalmente diferente. Odeio personagens arrogantes, mas acredito que tenha uma motivo por trás dessa arrogância! Espero ler ainda esse ano esse livro lindo!!

    Beijos!
    http://lovesbooksandcupcakes.blogspot.com.br

    ResponderExcluir

Postagens mais visitadas

Total de visualizações de página