Resenhando: o livro Paixão sem limites, Abbi Glines

18:42:00


Oiie leitores do meu core, como vão?

Bienal está chegando e eu preparei uma maratona pra vocês. Ao longo desses vinte dias que faltam pretendo postar aqui dicas para aguentar esses dias de evento e para você que (infelizmente) não poderá ir, pretendo trazer tudo: resenha de livros dos autores participantes, fotos, videos, sorteios... #seprepare

E o primeiro livro que trago para vocês é o volume 1 da série Rosemary Beach . Eu já havia tido um contato com a autora através do quarto volume. Porque eu não sabia que era série quando comprei #affs 

Maaas cá estou para dizer tudo o que achei, agora lendo na ordem certa. Nesse primeiro volume, vamos conhecer Blaire e Rush. Blaire é uma jovem de 19 anos que já perdeu tudo: a irmã, a mãe e o pai, que a abandonou. E perdas como essas nos marcam para sempre. 

Após a morte da mãe, Blaire se vê obrigada a ir atrás do seu pai, que está casado com outra. Chegando lá ela conhece Grant e Rush. Rush, por um acaso, é o filho da nova mulher do pai de Blaire. E mesmo a contra gosto ( e por insistência de Grant), ele a deixa ficar o mês lá. O que eles não imaginavam era que uma possível atração entre eles poderia bagunçar tudo. 



Livros new adult não é algo que eu costume trazer para vocês, confesso. Mas sempre ouvi falarem tanto da série que decidi lê-la. Como já tinha lido o quarto volume, fiquei surpresa com a capacidade da autora de usar a "mesma receita" e criar "bolos diferentes". Deixa eu tentar explicar, a essência da história me pareceu a mesma, mas os motivos que a regem mudaram um pouco. 

Isso atrapalha? Olha, não sei. Paixão sem limites me foi mais que um livro "hot". Nele falamos de luto, abandonos, preconceitos entre classes sociais, objetificação do corpo feminino. 

Eu ri dos mocinhos, me irritei, chorei... Foi aquela montanha russa de emoções. Blaire me pareceu uma mulher de garra, lutando por tentar conseguir suas coisas mesmo quando alguém se oferecia para bancá-la. #issoéotimo  

Rush começou sendo um babaca (#confessemos) e terminou um doce. Sendo aquele típico mocinho de hots. (nota da blogueira: mil desculpas, mas eu prefiro os nerds, aqueles que são doces o tempo todo... Playboys não me encantam). E isso eu não curti tanto. Porém foi mais por não fazer o meu estilo pessoal do que sua construção. 

O livro é fino, de certa maneira e o li em um dia. Então vai dar para ler tudo? #torçamos  

E aí? Já leram? Gostam? Não gostam?

Beijos!

You Might Also Like

3 comentários

  1. Nunca li, mas pela sua resenha fiquei com vontade de ler, principalmente pq vc leu em 1 dia!!! Adoro livros curtos, gosto logo de saber os desfechos, kkkkkkkk

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oiie flor!

      Não tinha visto seu comentário hahahah O livro é bem bacana!

      Beijos

      Excluir
  2. Olá criei um blog para dar dicas de filmes e séries, fique a vontade para visitar.

    E sucesso no seu blog.

    https://indicacaodefilmeseseries17.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Nossa loja

Elo7

Like us on Facebook

Most Popular